sobre a vida #11: mudanças e novos caminhos

Eu nunca vou dar certo com isso aqui, vou?

CACETE.

Mas eu sou brasileira e não desisto nunca exceto quando visualiza e não responde, então bora tentar de novo.

Então, com MUITO atraso: feliz 2016 pra todos nós! Espero que Janeiro tenha começado incrível pra vocês, com energias novas e aquele bando de coisa boa.

Eu comecei desempregada, HAHAHA. Me formei na faculdade, o contrato de estágio acabou, não tinha vaga pra mim e eu juntei minhas tralhinhas e fui embora. Por um lado rola a insegurança por não ter o dinheirinho certo caindo na conta, mas por outro, não estava curtindo muito nem o lugar nem o que eu fazia, então a mudança acabou me fazendo bem.

Apesar do sono tenso, zerei tudo dele que estava acumulado de 2015 inteiro, e agora durmo melhor. Perdi peso porque parei de comer tanta besteira de ansiedade. E posso esperar passar da hora do rush pra sair de casa e fazer as coisas que tenho que fazer.

E agora, é pensar no que fazer no futuro! Já estou procurando trabalho, mas pretendo guardar uma graninha e viajar mais pra frente. Algum dia eu dou mais detalhes disso (vem post por aí), mas nesse último estágio as coisas não foram muito boas e eu me sentia presa, mal humorada, E PIOR, incapaz. Tava cansada e de saco cheio, e parecia que depois que saísse dali a vida seria uma ladeira e eu uma bola murcha rolando direto pros confins do submundo.

Ok, exagero, mas não tava legal, não.

É isso. Só um post curtinho pra mim mesma dizendo pra parar de ser cabeçuda e escrever mais por aqui. Até porque eu tô pagando o domínio, me sinto como se estivesse numa versão virtual da academia

Beijo procês!

 

Advertisements