se fantasie e dance a hula

Pois é! Rei Leão estreou dia 18 e fui sábado passado assistir com alguns amigos.

simba neném
momento unânime em que o cinema todo solta aquele AAAAAWN

Sendo bem sincera? Não fui com as expectativas muito altas, não. Esse negócio de versão live action que na verdade, né, é outra animação não me deixou muito ansiosa, porque muitas coisas que funcionam muito na versão original não iam rolar na adaptação (tipo a melhor cena do filme, ou a melhor música do filme).

Mas tudo bem, né? Eu ainda ganhei o ingresso de um amigo, então se tem algo que eu não faria jamais seria reclamar do filme.

Ah, e como foi ele que organizou o rolê, só percebi que pegamos a sessão legendada depois que o filme começou. Foram muitos sentimentos nessa hora – primeiro me deu vontade de rir porque eu lembrei do comentário de um colega do curso (“Nos primeiros 15 minutos é igualzinho Animal Planet”), mas aí quando vi tava mordendo a boca pra não cantar alto junto. Ou chorar de emoção. Ou os dois.

Olha, pra quem não dava (quase) nada, achei incrível! Só não gostei de algumas coisas – as cenas ficaram muito corridas, cenas importantes inclusive, como a que o Mufasa explica pro Simba sobre as estrelas e os grandes reis do passado. Senti que não deram a devida atenção, sabe?

Fora que a animação parece… não sei, truncada? Alguns movimentos parecem meio artificiais, e todo mundo é meio sem expressão – o Simba não parecia MUUUITO feliz ao correr nas lagoas, nem morrendo de medo/triste/desesperado ao fugir das hienas pra não morrer. E é meio tenso diferenciar os personagens às vezes – principalmente a Sarabi e a Nala.

As músicas estão lindas e iguais, e a adaptação ficou muito boa – condizente com as cenas mais realistas mas ainda assim bem Disney. Algumas pessoas chiaram com a música do Scar, mas gente, considerando que não ia mesmo dar pra incluir todos os efeitos pirotécnicos como crateras de fumaça verde e hienas marchando, eu fiquei bem satisfeita. É um momento bem sombrio do filme, e as hienas são medonhas! Eu inclusive me caguei de medo na cena do cemitério dos elefantes, e tive que me lembrar que já sabia que o Mufasa ia aparecer pra não infartar kkkkkkkk.

Mas eu preciso concordar com a maioria das pessoas em relação a Can You Feel The Love Tonight – a Beyoncé floreava demais o final de todas as frases, e eu fiquei um pouco irritada com isso. Assim, ela é a BEYONCÉ, além de não precisar provar pra ninguém que canta muito, ela está ali interpretando um personagem e não fazendo um show dela. Fora que ela engoliu o Gambino, a voz dele desaparece.

No mais, fiquei decepcionada com o Rafiki (cortaram várias falas importantíssimas dele, como a do “está no passado”), Zazu me surpreendeu bastante, e Timão e Pumba continuaram incríveis. (não tem a cena da hula, mas a cena que botaram no lugar também me fez rir demais)

E PELO AMOR DE DEUS, pra quê aquela cena do cocô rolando? Eu poderia ter poupado 3 minutos da minha vida (e sei lá quantas horas de trabalho dos animadores). Alguns detalhes não precisam ser ditos e definitivamente ninguém precisava saber qual caminho o pêlo do Simba percorreu pra chegar até o Rafiki.

Mas é isso né, povo, a gente trabalha com o que tem. E lembre-se, se tudo der errado:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s